Liberte este Indigno

Visitando um presídio,  certa autoridade ia perguntando a cada um dos presos a razão de sua detenção.

Cada um procurava provar que estava sendo injustiçado,  mostrando-se inocente.

Fez a mesma pergunta a um crente,  E este respondeu:

–“Estou aqui porque errei. “

A autoridade chamou o encarregado do presídio e ordenou:

— “Solte este homem,  porque ele é indigno de estar aqui no meio de tanta gente boa!”

“O que encobre as suas transgressões,  nunca prosperará,  mas o que as confessa e deixa, alcança misericórdia. ”  (Pvc 28.13)

Fonte: Livro Ilustrações Selecionadas,  de Alcides Conejeiro Peres – CPAD.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s